Museu de Zoologia João Moojen
Universidade Federal de Viçosa

MZUFV


 


03/12/2010 - Como um sapo se defende?

Os anfíbios são predados por inúmeras outras espécies de invertebrados a vertebrados, sendo conhecidas diversas estratégias de defesa que esses animais podem apresentar diante seus potenciais predadores. Em um estudo publicado no último número do periódico Herpetological Review, pesquisadores do MZUFV publicaram um relato de um comportamento defensivo para uma espécie rara de sapo, Zachaenus carvalhoi. Leia mais...
Fonte: Mário Ribeiro de Moura / Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal (UFV)


28/11/2010 - Sapo com perereca dá briga?

O combate entre indivíduos de uma mesma espécie é usualmente reportado para algumas espécies de anfíbios, sobretudo naquelas na qual o macho é maior que a fêmea. Por outro lado, são mais raros os registros de combates entre espécies diferentes, uma vez os machos que realizam disputas físicas normalmente o fazem por competição de recursos como alimentos, abrigos, ou mesmo disponibilidade de fêmeas. Pesquisadores do MZUFV  relataram a observação de uma briga entre a perereca Hyspiboas faber e o sapo Rhinella pombali. Leia mais...
Fonte: Mário Ribeiro de Moura / Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal (UFV)


28/11/2010 - Trocando carniça por carne fresca.

Urubu come carniça, certo? Nem sempre. O urubu-de-cabeça-amarela, Cathartes burrovianus, é conhecido por eventualmente caçar presas vivas. Mas estes registros ainda são pouco comuns, e não havia ainda publicações científicas mostrando esta ave caçando uma serpente. Mas, durante um trabalho de campo, biólogos da PUC-MG avistaram um urubu-de-cabeça-amarela sobrevoando uma área, e descendo de repente ao chão para atacar uma presa. Ao se aproximarem, os pesquisadores viram que o urubu arrancava grandes pedaços de carne de uma serpente, cujo corpo ainda se movia. Leia mais...
Fonte: Henrique Caldeira Costa / Mestre em Biologia Animal (UFV)


28/11/2010 - Biólogos mapeiam registros de espécie de cobra-cipó em Minas Gerais.

Biólogos do MZUFV e do Instituto Butantan de São Paulo publicaram um pequeno trabalho sobre a ocorrência de uma espécie de cobra-cipó, Imantodes cenchoa, em Minas Gerais. No Brasil, esta serpente é conhecida da Amazônia a Santa Catarina, mas até agora só haviam dois registros de sua presença em Minas Gerais. Leia mais...
Fonte: Henrique Caldeira Costa / Mestre em Biologia Animal (UFV)


21/11/2010 - Lançada última edição da coluna Bicho da Vez.

Este mês, a coluna Bicho da Vez completa dois anos de existência, e chega a sua 25ª edição, com um texto sobre o peixe Synbranchus marmoratus, conhecido como muçum. Leia mais...
Fonte: Henrique Caldeira Costa / Mestre em Biologia Animal (UFV) & Mário Ribeiro de Moura / Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal (UFV)


19/11/2010 - Conheça as serpentes de Viçosa!

Pesquisadores atuais e egressos do MZUFV publicaram uma listagem das espécies de serpentes do município de Viçosa, na revista científica Biota Neotropica. Leia mais...
Fonte: Henrique Caldeira Costa / Mestre em Biologia Animal (UFV)


Mais notícias...